Somos um grupo de pessoas que acredita numa cultura de verdade, transparência, de presença. Acreditamos que se cada pessoa estiver presente, fazendo aquilo que gosta, coisas boas acontecem naturalmente.

Buscamos proporcionar a nossos clientes e parceiros um momento para “estar” consigo mesmos e com outras pessoas, seja num dos nossos pontos de encontro, seja tomando nosso café em sua casa ou no trabalho, mesmo quando não estiver nem pensando no Santo Grão.

PESSOAS

Trabalhe conosco

PESSOAS PRESENTES

Fundado em maio de 2003, o Santo Grão abriu suas portas no início da “Onda do Café Gourmet” no Brasil. Onda?

“Está mais pra uma ondinha”, fala Marco Kerkmeester, fundador do Santo Grão. “A Tsunami esta ainda para vir”. Desde sua abertura, o Santo Grão teve um crescimento acumulado anual de mais de 23%. Contudo, essa não foi a maior mudança percebida nesses dez anos de história, relata Marco.

Somos um grupo de pessoas que acredita numa cultura de verdade, transparência, de presença. Acreditamos que se cada pessoa estiver presente, fazendo aquilo que gosta, coisas boas acontecem naturalmente.

Muito mais do que café

Nós construímos ambientes. Nossos clientes buscam ambientes como os nossos para serem suas salas de estar

NOSSA HISTÓRIA ANDA EM PARALELO A UMA MUDANÇA DE CULTURA

Construímos nosso primeiro café na Rua Oscar Freire e está sendo um sucesso . Depois disso, abrimos mais cinco unidades em São Paulo. Em 2013, inauguramos nossa primeira unidade fora do Estado – em Curitiba. Esse foi um teste para a nossa próxima fase de crescimento e expansão de nossa cultura.

Marco Kerkmeester

Fundador do Santo Grão

O que realmente mudou foram os hábitos das pessoas. Antes, eram acostumados a tomar seu café em casa, no escritório ou em pé numa padaria. Agora, estão saindo do escritório e de casa, se reunindo em cafeterias. Conversando, planejando, negociando e, claro... tomando café."

Nossa Filosofia

Nossa estratégia e filosofia é “Ser Presente”. Santo Grão presente na esquina de cada quarteirão. Santo Grão em cada casa e em cada estabelecimento. E é mais do que isso!...

Neste momento

É o torrador-mestre presente com os grãos de café que está torrando e com a bebida que está degustando. Neste momento. Sem distrações ou preocupações tipo “dinheiro”, “namorada”. Ele está aí, presente.

Realizado

É o chef de cozinha presente com o prato que está preparando e com o cozinheiro que está ensinado. Neste momento. Ela não está com sua mente no futuro, pensando no que “vai querer fazer”. Nem com compromissos não resolvidos no passado. Já foram ou estão sendo resolvidos.

Aqui

É o garçom presente com o cliente. Em harmonia, em rapport, “ligado”. Antes que o cliente levante o braço, o garçom já está presente. Não "pressupondo" o que o cliente "vai querer". Nem "sonhando" sozinho no seu próprio mundo. Mas sim, presente. Junto com o cliente.